Gelo

Gelo

Derreto com ação do calor
Líquido fico pra saciar a sede
Misturo-me com essências diversas
Pra saborear ou cheirar.

Refresco a garganta 
O corpo bronzeado
A boca incandescente
E os lábios ardidos.

Também sou insensível
Brincalhão e zombador
Desprezando alguém que eu quero.

Tão pequena palavra
Com muitos significados
Como e sinto GELO. 

Luleal
DSCF7256

Os mais lidos:

Despertar poesia